Devaneios de Uma Alfacinha

Até onde Allah me levar…

– Maçal el kheir₁, Jamal. – sussurrou Zaíra, uma mulher de burca preta e de pele morena iluminada pela luz dos rockets a colidirem com habitações.
-Mãe, tenho medo! – revelou Jamal, escondendo o seu rosto debaixo de um lençol branco um pouco gasto, ao ouvir um estrondo na rua. Provavelmente, a colisão de um rocket. Seguiram-se gritos. Este tinha atingido habitações perto da sua.
– Não tenhas, querido. Estas estrelas não fazem mal. Dorme descansado, sim?-Jamal esboçou um sorriso e inclinou-se para depositar um beijo no rosto da sua mãe, que estava ajoelhada a seu lado, como fazia todas as noites antes de dormir.